terça-feira, 3 de abril de 2012

O Projeto Diálogos Sustentáveis 2012

Compreendida em suas dimensões ambiental, econômica e social, além da geográfica e cultural, a sustentabilidade virou expressão comum na sociedade para se referir a ações, situações e empreendimentos. No entanto, mais que um adjetivo, a sustentabilidade é um compromisso com o futuro, por meio do uso adequado dos recursos naturais, sem comprometimento da qualidade de vida das gerações futuras. É possível concluir, portanto, que sustentabilidade tem tudo a ver com solidariedade. A banalização do termo, no entanto, é uma ameaça, devido à mercantilização de títulos de sustentabilidade e ações de marketing, descomprometidas com os princípios e valores éticos.

 É necessário perceber que muito pouco adiantaria conservar os recursos naturais, sem garantir condições sociais dignas de vida para o ser humano, relegando boa parte da sociedade à ignorância, sem um sistema de educação que eleve os níveis de conhecimento das pessoas. Sendo assim, é provável que a sociedade não atinja o pleno desenvolvimento tecnológico, com a implantação de uma indústria de baixo carbono se não forem gerados empregos “verdes”, que considerem a redução da jornada de trabalho e adoção de programas permanentes de qualificação profissional.

 Por outro lado, vem crescendo críticas ao modelo antropocentrista, vez que a sorte da espécie humana está na preservação da biodiversidade, O aquecimento global – que requer medidas para redução de emissões de gases de efeito estufa, o planejamento urbano - com respeito às áreas de proteção ambiental, saneamento, sistemas sustentáveis de mobilidade e disposição adequada de resíduos sólidos, a produção agropecuária, a extração mineral e proteção da biodiversidade, a recuperação dos cursos d água e outros tantos aspectos do desenvolvimento estão na pauta de especialistas, governantes, empresários e organizações da sociedade civil.

Essas discussões, iniciadas há quatro décadas e aceleradas nos últimos anos, poderão ser compartilhadas na próxima Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável (Rio + 20), que será realizada em junho de 2012, no Rio de Janeiro. Oportunidade ímpar para representantes do governo, de empresas e da sociedade civil se mobilizar para apresentar suas visões sobre o tema.

A realização de um ciclo de debates sobre assuntos relacionados ao Desenvolvimento Sustentável é mais do que oportuna, uma vez que a reflexão para implementação de ações, mais que a realização de um grande evento, deve se consolidar como um processo permanente e duradouro.

 Parceiro do Projeto 

• Instituto Imersão Latina (Imel)

 Organizador 
• Aloisio Lopes - Jornalista Profissional - Conselheiro do Instituto Imersão Latina (Imel), Ex-Presidente do Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Minas Gerais e ex-assessor de comunicação do Conselho Federal de Engenharia, Arquitetura e Agronomia


Seja também um parceiro deste projeto.

Informações:

Contatos: lopesaloisio@gmail.com
info@imersaolatina.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário