segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

Organizações pedem cancelamento de empréstimo do BNDES a Belo Monte

Carta assinada por 38 organizações brasileiras e 31 internacionais pede que o presidente do Banco, Luciano Coutinho, não efetue o empréstimo de R$ 22,5 bilhões, anunciado no dia 26 de novembro

Por Vivian Fernandes*

Um documento listando as irregularidades da usina de Belo Monte e pedindo o cancelamento do empréstimo bilionário à obra foi entregue na sede do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), na última terça-feira (4).

A carta assinada por 38 organizações brasileiras e 31 internacionais pede que o presidente do Banco, Luciano Coutinho, não efetue o empréstimo de R$ 22,5 bilhões, anunciado no dia 26 de novembro. As entidades argumentam que o quadro de irregularidades econômicas, jurídicas e socioambientais de Belo Monte já gerou ao menos 54 ações do Ministério Público Federal, da Defensoria Pública e de organizações da sociedade civil. Além disso, o documento denuncia o constante descumprimento de condicionantes das licenças ambientais pelo Consórcio Norte Energia.

Outro problema é a falta de análises de viabilidade econômica e de classificação de risco de empréstimos anteriores do projeto. Ao final, as organizações solicitam uma audiência para debater essas questões com a direção do BNDES. O empréstimo a Belo Monte é o maior da história do Banco para um único projeto. Muitas polêmicas envolvem a hidrelétrica, que será a terceira maior do mundo. Greves de trabalhadores e protestos de indígenas e pescadores atingidos pela usina já paralisaram a sua construção diversas vezes.

*Publicado em: Radioagência NP
http://www.radioagencianp.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário