sexta-feira, 6 de junho de 2014

Encontro debate diversidade do cerrado brasileiro


Até domingo (08/06), acontece O VIII Encontro e Feira dos Povos do Cerrado no Complexo Cultural Funarte, em Brasília (DF). O encontro apresenta mesas redondas, seminários, espaço gastronômico, programação cultural e a Feira da Sociobiodiversidade do Cerrado. O evento traz um espaço gratuito e aberto ao público, para debates e intercâmbio de conhecimento sobre a diversidade do bioma.

O objetivo principal do encontro é a luta pela conservação do bioma e a defesa de seus povos e comunidades tradicionais, promovendo justiça social e sustentabilidade ambiental. Com apoio do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) e do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), o evento traz na programação discussões em torno dos eixos da biodiversidade, território, água e cultura.

O evento aguarda a participação de cerca de 700 representantes de comunidades tradicionais, indígenas, quilombolas, geraizeiros, vazanteiros, quebradeiras de coco e agricultores familiares. Eles vão discutir os temas e propor diretrizes que garantam o fortalecimento da conservação e uso sustentável do Cerrado. Também participarão do encontro, especialistas, gestores públicos, representantes de organizações da sociedade civil e institutos de pesquisa.

O encontro também traz um espaço gastronômico com chefes de cozinha que participarão de workshops de intercâmbio de conhecimento sobre a diversidade de espécies típicas do bioma e as possibilidades de uso delas no universo gastronômico.

Dentre as participações confirmadas na programação cultural estão o Mestre Zé do Pife e as Juvelinas, Pereira da Viola, Violinha do Jalapão, Tambores do Tocantins, Seresteiros do Luar e Mamulengo Mulungu, entre outros.

O evento promove, desde 2001, um espaço de troca de experiências, de promoção de meios de vida sustentável, de valorização das tradições culturais dos povos do cerrado, formulação de posições políticas conjuntas e, ainda, de divulgação pública dos problemas socioambientais que afetam o bioma e das alternativas existentes para o uso sustentável de sua biodiversidade. Além disso, o encontro conta, em sua programação oficial, com o Grito do Cerrado e corrida de toras, em que etnias indígenas correm um percurso alterando o carregamento da tora, que pesa cerca de 90 quilos.

Serviço
VIII Encontro e Feira dos Povos do Cerrado
Dias: 5 a 8 de junho (quinta-feira a domingo)
Horário: 9h às 21h30
Local: Complexo Cultural Funarte Brasília (em frente à Torre de TV).

Fonte: Ascom/MDA

Nenhum comentário:

Postar um comentário